Menu fechado

Brasilia se reúne para discutir a fundação de uma entidade

Engenheiros ambientais do Distrito Federal reuniram-se nessa última quarta-feira (27/03) na Universidade de Brasília, para discussão da Fundação de uma entidade representativa de engenheiros ambientais e sanitaristas nesta Unidade da Federação. Nesta reunião foram tratados temas, como:
  • Associativismo;
  • Sindicalismo; e
  • conselhos de classe e quais as suas diferenças.

 

Reunião dos Engenheiros de Brasilia
Também foi muito discutido o panorama do Engenheiro Ambiental e Sanitarista do Distrito Federal, suas desmotivações e sua realidade no cenário local. Foi levantado de forma bem clara e contundente, que neste grupo ainda não há nada decidido, entre nome da entidade, composição da entidade e sequer os cargos.
Segundo Guilherme Silva, um dos idealizadores, essa ideia de deixar em aberto, faz parte da estratégia, explica ele:
“é importante o profissional chegar e ver que ele tem o mesmo papel daquele que está puxando a discussão, pois assim ele se sente mais à vontade para participar e debater, além de propor ideias, se ele chega e já vê tudo pronto, ele apenas assiste ao que vão falar de depois nem volta, por isso estamos deixando tudo bem às claras para todos terem a mesma voz.”
Outro ponto bem discutido, foi a presença mínima, ou não-presença de cargos para engenheiros ambientais e sanitaristas em concursos públicos locais, em órgãos que necessitam de vários profissionais da área e não são relacionados ou são ofertadas pouquíssimas vagas.
Agora o grupo está analisando uma proposta de estatuto que será enviado aos profissionais interessados, para que façam as suas contribuições com sugestões de alteração e depois será convocada uma nova reunião, com data e local a serem escolhidos para que aprovem o estatuto social deste nova entidade e também será realizado um concurso para a escolha do novo nome da entidade, alguns nomes já foram levantados, porém, outros serão escolhidos e depois votados para que o nome com mais votos seja o escolhido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *